25 abril 2013

Escrever, por Kafka

Nunca se está sozinho o suficiente quando se escreve, nunca haverá silêncio o suficiente quando se escreve, nem a noite é noite o bastante. 


Franz Kafka.


.